Vendas do comércio crescem 0,7% em novembro e anulam queda de outubro

As vendas do comércio avançaram 0,7% em novembro, frente ao mês anterior, e com isso anularam a queda de igual intensidade que tinha sido registrada em outubro. As promoções do Black Friday ajudaram a levar o consumidor de volta às compras.

Frente a novembro de 2017, o aumento foi de 5,9%, segundo os dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE. Esta é a oitava taxa positiva seguida nesta base de comparação e a segunda maior de 2017 – atrás apenas do mês de setembro, quando foi de 6,2%.

No resultado acumulado em 2017, até novembro, a alta foi de 1,9%. Já o desempenho do varejo em doze meses alcançou 1,1% – a taxa acumulada está crescendo desde outubro de 2016, quando apontava queda de 6,8%.

No mês de outubro, o varejo teve uma queda de 0,7% das vendas – o dado inicial era um recuo de 0,9%, o pior para um mês de outubro em nove anos -, na expectativa das promoções da Black Friday, segundo avaliação feita na época pelo IBGE.

Cinco dos oito segmentos pesquisados pelo IBGE avançaram na passagem entre outubro e novembro, com destaque para outros artigos de uso pessoal e doméstico (8,0%) e móveis e eletrodomésticos (6,1%), setores com forte presente no e-commerce. Também tiveram alta livros, jornais e papelaria (1,4%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (1,2%) e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo.

Fonte: O Globo
Postado por: Raul Motta Junior